Pular para o conteúdo principal

TJ PR Consulta Processual

TJ PR Consulta Processual

TJ PR Consulta Processual: No TJ PR consulta processual no Tribunal de Justiça do Paraná  é uma das maneiras que o cidadão têm de realizar uma consulta de processos para saber todas as informaçoes pertinentes as movimentaçoes e trâmites do processo pelo nome das parte envolvida.

Para o interessado realizar a consulta de processos TJ PR, basta informar, a comarca, o cartório e pesquisa por: número do processo, ou n.º da distribuição, ou somente o nome da parte autora do processo, ou nome do advogado, ou número da OAB do advogado, que o sistema emite a consulta processual de todos os processos ativos relativos à pesquisa desejada.

O site TJ PR é de fácil e navegação, qualquer informação que se busca pode ser encontrada facilmente, consultas à processos, jurisprudência, concurso 2010 - 2011, endereços e telefones são encontrados prontamente na página inicial.

Dentre os tipos de consultas processuais TJPR, o interessado pode escolher e fazer sua consulta nas seguintes modalidades abaixo:

TJ PR Consulta processual 2º Grau
TJ PR Consulta processual 1º Grau Cível
TJ PR Consulta de processo 1º Grau Criminal
TJ PR Consulta processual 1º Grau - Cartas Precatórias Curitiba
 TJ PR Consulta processual 1º Grau - VEP
TJ PR Consulta processos  Juizado Especial Cível
TJ PR Consulta processual  Juizado Especial Criminal
TJ PR Consulta processual Turma Recursal Única
TJ PR Consulta processual Consulta Protocolar

 Acesse aqui o site TJ PR  no endereço eletrônico online tjpr.jus.br  e realize sua consulta processual.

Comentários

  1. não se consegue consultar só com o nome da parte autora. é preciso informar todo as informaçoes do processo, como comarca, vara, juizo número de processo.
    uma burocracia que impede o acesso público aos processos ajuizados no judiciário.

    deveria ser consulta somente com o nome da cidade e o nome da parte autora, e a lista deveria vir com todos os processos de uma pessoa no ambito do judiciário estadual, como e´o TJSC por exemplo. Quem que vai saber algo a mais sobre um processo além do nome da parte autora? somente a própria parte autora e o advogado dela tem informações como numero de processo, ano, comarca etc.

    a consulta deveria ser pública só por nome, sem pedir outros dados obrigatórios, como é em santa catarina, lá somente pede nome e cidade, nada mais.

    ResponderExcluir

Postar um comentário