Pular para o conteúdo principal

TESOURO DIRETO COMO INVESTIR



Tesouro direto como investir

Tesouro Direto como investir: Veja nesse artigo sobre o Tesouro Direto, como investir, opções de investimento em Tesouro Direto e como aplicar no Tesouro Direto de forma rápida e simplificada.

Aplicar no Tesouro Direto é uma das opções de investimento que é muito pouco divulgada pela mídia e instituições financeiras. Basicamente, aplicar no Tesouro Direto é comprar títulos públicos do Governo Federal, que são utilizados para fazer o financiamento da dívida pública, pelos diversos programas do Governo, como, infraestrutura, educação, saúde, entre outros. Fazer uma aplicação no Tesouro Direto, significa que você está comprando um título público, que podem ser com juros pré-fixados, ou títulos indexados pela IPCA ou ainda, títulos do Tesouro Direto indexados pela Selic, e que, você pode vende-lo ao próprio Governo, todas as quartas-feiras, percebendo uma parte dos juros, conforme o título escolhido, ou sua integralidade, se deixar seu dinheiro aplicado até a data de vencimento do título.

Tesouro Direto rentabilidade do investimento: No Tesouro Direto, rentabilidade do investimento vai depender do tipo de título que você for comprar. Por exemplo, o Tesouro Direto, através do Tesouro Nacional, coloca à venda semanalmente títulos do Tesouro, com as siglas, LTN, LFT, NTC-C, NTN B, NTN B Principal, NTN F, conforme sua descrição, abaixo:

· LTN - Letras do Tesouro Nacional: Títulos com rentabilidade definida (taxa fixa) no momento da compra. Você sabe antes quantos reais vai ganhar. Forma de pagamento: no vencimento;

· LFT - Letras Financeiras do Tesouro: títulos com rentabilidade diária vinculada à taxa de juros básica da economia (taxa média das operações diárias com títulos públicos registrados no sistema SELIC, ou, simplesmente, taxa Selic) Forma de pagamento: no vencimento;

· NTN-C – Notas do Tesouro Nacional – série C: títulos com rentabilidade vinculada à variação do IGP-M, acrescida de juros definidos no momento da compra. Ideal para formar poupança de médio e longo prazo, garantindo seu poder de compra. Forma de Pagamento: semestralmente (juros) e no vencimento (principal);

· NTN-B – Nota do Tesouro Nacional – série B: título com rentabilidade vinculada à variação do IPCA, acrescida de juros definidos no momento da compra. Ideal para formar poupança de médio e longo prazo, garantindo seu poder de compra. Forma de Pagamento: semestralmente (juros) e no vencimento (principal);

· NTN-B Principal – Nota do Tesouro Nacional – série B: Título com rentabilidade vinculada à variação do IPCA, acrescida de juros definidos no momento da compra. Não há pagamento de cupom de juros semestral e é ideal para formar poupança de médio e longo prazo, garantindo seu poder de compra. Forma de Pagamento: no vencimento (principal);

· NTN-F – Nota do Tesouro Nacional – Série F: Título com rentabilidade prefixada, definida no momento da compra. Forma de Pagamento: semestralmente (juros) e no vencimento (principal).

Veja alguns exemplos de rentabilidade Tesouro Direto, e seus títulos:

Tesouro Direto - Rentabilidade de títulos indexados pela IPCA

Nome do título - Vencimento - Taxa de Rentabilidade ao ano - Valor Unitário do Título.

NTNB 150812 - 15/08/2012 - 6,70% - R$ 1.924,29

NTNB 150515 - 15/05/2015 - 6,71% - R$ 1.868,65

NTNB Principal 150515 - 15/05/2015 - 6,71% - R$ 1.390,88

NTNB 150820 15/08/2020 - 6,54% - R$ 1.878,64
-
NTNB Principal 150824 - 15/08/2024 - 6,36% - R$ 801,01

NTNB 150824 15/08/2024 - 6,42% - R$ 1.881,53

NTNB 150535 15/05/2035 - 6,40% - R$ 1.834,42
-
NTNB Principal 150535 - 15/05/2035 - 6,35% - R$ 414,81

NTNB 150545 15/05/2045 - 6,40% - R$ 1.823,21

Tesouro Direto - Rentabilidade de títulos Prefixados

LTN 010111 - 01/01/2011 - 10,94% - R$ 938,13

LTN 010112 01/01/2012 - 12,11% - R$ 831,79

LTN 010113 01/01/2013 - 12,45% - R$ 736,44

NTNF 010117 01/01/2017 - 12,59% - R$ 929,20

NTNF 010121 01/01/2021 - 12,69% - R$ 890,55

Tesouro Direto - Títulos indexados pela Taxa Selic

LFT 070313 07/03/2013 - 0,00% - R$ 4.232,46

LFT 070315 07/03/2015 - 0,00% - R$ 4.232,46

Esses são alguns exemplos de rentabilidade do Tesouro Direto, cujos os valores dos títulos são do dia 21/05/2010, porque todos os dias podem haver variações. Consulte o site do Tesouro Direto, para saber os preços dos títulos do Tesouro Direto exatos para comprar, na data especifica da compra.

Para comprar títulos do Tesouro Direto, a quantidade mínima de compra é a fração de 0,2 título, ou seja, 20% do valor de um título. Desta forma, para saber o valor mínimo que pode ser investido basta multiplicar o valor de 1 título por 0,2. Os títulos públicos são ofertados no Tesouro Direto em frações de 2,0 título, isto é, o investidor pode comprar 0,2 título; 0,4 título; 0,6 título; 0,8 título; 1,2 título e assim por diante. No entanto, não é possível comprar, por exemplo, 0,1 título ou 5,7 títulos.

Veja algumas vantagens de aplicar no Tesouro Direto:
- O Tesouro Direto é uma excelente opção em termos de rentabilidade;
- As taxas de administração são muito baixas;
- Você tem a possibilidade de diversificar seus investimentos, obtendo variadas rentabilidades, como pós-fixadas (pela taxa básica da economia), prefixadas e indexadas a índices de preços;
- Você pode se garantir fazendo uma poupança de longo prazo ao optar por títulos indexados a índices de preços, e ainda obtém rentabilidade real significativa;
- Você pode gerenciar seus investimentos com comodidade, segurança e tranquilidade;
- Você investe com objetivos definidos e levando em conta fatores como: valor do investimento, prazo, taxa de juros e riscos envolvidos na operação;
- A liquidez de venda dos Títulos tem a garantida pelo Tesouro Nacional;
- Você tem maior poder de tomada de decisão e controle do seu patrimônio;
- Os títulos públicos são considerados de baixíssimo risco pelo mercado financeiro. Como podemos ver não existe desvantagens em se aplicar em Tesouro Direto, pois é uma aplicação segura, garantida pelo Governo.

Agora que você já conhece mais sobre o Tesouro Direto, saiba que você pode começar a comprar online Tesouro Direto com investimentos a partir de R$ 150,00, com rentabilidade e segurança. Uma vez comprados os seus títulos, você pode aguardar o vencimento do papel (data predeterminada para resgate do título), quando os recursos são depositados em sua conta. Ou, caso seja do seu interesse, você também poderá vendê-los antecipadamente ao Tesouro Nacional nas recompras semanais, às quartas-feiras, pelo preço vigente no mercado.

Então, para começar a comprar títulos e vender Tesouro Direto, primeiro você precisa fazer o cadastro em um dos agentes de custódia Tesouro Direto, que pode ser, Bancos ou corretoras, como Bradesco, Banco do Brasil-BB, Banco Real, Itaú ou outro, ou comprar no Tesouro Direto pelas corretoras, Banif, Itautrade, Tov, Spinelli, Banrisul corretora, Geração Futuro, Ágora, Novinvest, Alpes ou qualquer outro agente de custódia, autorizado pela CVM para operar Tesouro Direto. No site Tesouro Direto - Tesouro Nacional, você tem a lista de agentes de custódia autorizados.

Depois de realizar o cadastro e obter login e senha, e só enviar os recursos à sua corretora e entrar no site Tesouro Direto consulta títulos e escolher os títulos disponíveis que melhor se adaptam às suas expectativas, quanto a prazo e taxas de rendimento. Lembrando que, após a compra, você tem acesso ao sistema Tesouro Direto, extrato e saldo de seus títulos a hora que desejar.

Tesouro Direto Simulador: Se preferir, você pode entrar no Tesouro Direto simulador, uma ferramenta de simulação do Tesouro Direto, onde o investidor pode de maneira prática, saber os juros praticados, prazos, rentabilidade mensal e anual, e ir se familiarizando com essa ótima opção de investimento, que aos poucos está chegando ao conhecimento do pequeno investidor.

Muitas pessoas perguntam se vale à pena o Tesouro Direto, na minha opinião, vale à pena conhecer mais a fundo o Tesouro Direto, o que é, e como funciona esse tipo de aplicação, porque quem sabe, você possa através do Tesouro Direto, garantir sua aposentadoria, sua e de sua família. Com certeza, se você for comparar o Tesouro Direto x Poupança x CDB, o Tesouro Direto é de longe a melhor opção de investimento para quem quer construir um patrimônio à longo prazo.

Saiba mais informações sobre o Tesouro Direto, imposto de renda, rentabilidade 2010-2011-2012, formas de resgate e outras informações no site oficial Tesouro Nacional www.tesouro.fazenda.gov.br
Bons investimentos!


Comentários